Índios pedem fim de construção de PCHs no Vale do Juruena

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Representantes de sete etnias indgenas de Mato Grosso protocolaram nesta tera-feira (26) um relatrio no Ministrio Pblico Federal de Mato Grosso (MPF) alegando impacto ambiental nas aldeias causados pela construo de novas Pequenas Centrais Hidreltricas (PCHs) no Vale do Juruena. O documento foi assinado por representantes das etnias Myky, Manaoki, Enawenen Naw, Apiak, Kayabi, Munduruku e Negarot. No documento de trs pginas, os ndios alegam que a construo de novas PCHs tem afetado a integridade fsica e cultural dos povos indgenas. “Nossas opinies e posicionamentos so contrrios aos estudos, licenciamento e instalao de novos empreendimentos hidreltricos nas reas adjacentes aos nossos territrios”, diz trecho do documento. O relatrio foi elaborado entre os dias 17 e 19 de junho em uma reunio convocada pelas lideranas indgenas. Segundo a representante da etnia Manuky, Rosineis Kamunu, os ndios no foram ouvidos durantes os estudos para a liberao das construes. “Aqui somos pouco ouvidos. E o que estamos pedindo s respeito com a nossa natureza”, afirmou. O documento ainda cita a falta de peixes e o desmatamento como problemas causados pelas construes. “A construo de usinas do topo PCHs, prximas das Terras Indgenas, impede a subida de peixes que diminuem e somem; traz a seca e morte dos rios”, diz outro trecho. “Estamos ficando sem gua, o rio tambm est secando. O nosso plantio est sendo afetado pela falta de chuva causada pelo desmatamento. Ns estamos tentando alertar os governantes”, declarou Rosineis. Segundo a representante do Frum de Comits de Bacias Hidrogrficas, Luciana Ferraz, a ativao de antigas hidreltricas diminuiria o impacto ambiental causado por novas construes. "Isso j diminuiria os danos no meio ambiente", afirmou. O documento tambm foi protocolado no Ministrio Pblico Estadual (MPE), na Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema) e no Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama). As liderana indgenas devem seguir para Braslia onde tambm devem apresentar o documento. Fonte: Andr Souza G1

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Acesse Notícias. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️