Nunca atrasei a RGA e nem enfrentei greve geral, diz Silval

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Preso h quase 11 meses no Centro de Custdia da Capital sob acusao de chefiar um esquema de cobrana de propina de empresrios, o ex-governador Silval Barbosa (PMDB) falou com jornalistas numa entrevista de 7 minutos, concedida dentro da sala de audincias da 7ª Vara Criminal de Cuiab. Entre os assuntos, comentou sobre o atual momento vivenciado pelo governador Pedro Taques (PSDB), sobre a greve geral deflagrada pelos servidores pblicos em 31 de maio cobrando o pagamento integral da Reviso Geral Anual (RGA). Tambm disse que 90% das obras executadas pelo atual governo fruto de seu trabalho feito l atrs pra viabilizar recursos e elaborar projetos. Evitou no entanto, emitir opinio se houve erro por parte de Taques na conduo das negociaes. “Greve geral nunca aconteceu no meu governo, acontecia pontuais e a gente ia resolvendo, mas tudo infelizmente, eu no vibro por isso, de ver uma greve geral no Estado”, disse. Oua aqui o udio da entrevista. Ele, no entanto fez questo de ressaltar que nunca vivenciou tal situao nos 5 anos em que governou o Estado de 2010, quando Blairo Maggi se afastou para disputar uma vaga no senado at dezembro de 2014 ao trmino do segundo mandato que ele conquistou nas eleies de 2010. “Nunca atrasei um dia a folha de pagamento. RGA, essa sigla eu no conhecia porque j estava dentro do oramento. A reposio de inflao era normal, j era previsto no oramento. E o governo, (atual) eu lamento, enfrentar uma crise porque no ruim para o governador Pedro Taques, ruim para no s para os servidores, ruim para o Estado, pro progresso, pro desenvolvimento”, disse o ex-gestor. Silval argumenta que est feliz em ver tantas propagandas na televiso, sobre realizaes do governo. “Ainda faz comparativo que executou mais asfalto do que o Silval. Mas no tem nenhuma licitao dele. Todas as obras executadas so recursos que eu deixei, que eu trabalhei como o Mato Grosso Integrado, que mudaram o nome, que foram recursos que levei 3 anos pra viabilizar, contratar projeto, contratar obra e viabilizar os recursos. Assim so as pontes do Pantanal, assim so diversas obras. Eu toro para o que o Estado v bem, agora tem que ser sincero em reconhecer o que os outros deixaram”, afirmou. Questionado se acredita que Pedro Taques errou em algum momento na conduo das negociaes com os servidores pblicos Silval evitou emitir opinio. Deixou tal funo para a oposio do governo Taques. “S acho o seguinte: tem que haver mais reconhecimento porque o governo tudo que ele est fazendo, 90% so recursos que foram deixados. Vocs podem ver pelas licitaes que so feitas das obras”.

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️