O agro é delas: como as mulheres têm transformado o setor no Brasil

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Herdeiras do maior conglomerado agropecuário do mundo, o Grupo Bom Futuro (GBF), sediado em Mato Grosso, as primas Aline Bortoli e Kleidimara Pessoa, ambas com 34 anos, Nayara Modolon Scheffer, 30 anos, e Letícia Scheffer, 24, representam o novo rosto do agro brasileiro.

Essas quatro mulheres querem mostrar que, além da produtividade da lavoura e dos números que movimentam a economia do país, o posicionamento feminino nos negócios do campo pode mudar os rumos do setor. E que o agro é delas!

O último censo agropecuário do IBGE mostrou que há 1.714.416 mulheres que se autodeclararam chefes de um empreendimento rural no Brasil. A proporção das chefes de fazenda subiu de 12,6%, em 2006, para 18,6%, em 2017. Segundo o IBGE, elas são produtoras, gerentes e responsáveis diretas pelas principais atividades nas fazendas.

A seguir, leia a série de reportagens especiais de Globo Rural em que mulheres de todo o país contam como vêm construindo o futuro nas fazendas, nas empresas e na política:

SAIBA MAIS

Fonte: Revista Globo Rural

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️