Obama nega que EUA viva racha entre brancos e negros

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, condenou novamente os casos de violncia policial e racial que atingiram o pas e voltou a pedir mudanas na legislao sobre a venda de armas de fogo. Em Varsvia, Obama disse neste sbado (9) que esta foi ‘uma semana dura‘, mas se negou a dar vazo para a ideia de que os EUA estejam divididos em um novo conflito entre brancos e negros. ‘Acredito firmemente que a Amrica no est dividida como alguns sugerem‘, disse Obama em uma coletiva de imprensa. ‘Os norte-americanos de todas as raas esto indignados com os ataques em Dallas e em outros lugares‘, explicou. H dois dias, um protesto em Dallas contra a violncia policial terminou em tragdia, quando um homem, identificado como Micah Xavier Johnson, matou cinco agentes e feriu outros seis, aparentemente por vingana pela suposta brutalidade empregada pelos oficiais brancos contra jovens negros. Os episdios mais recentes de brutalidade se referem a trs rapazes negros que foram mortos a tiro em abordagens policiais. Em seu discurso, Obama tentou amenizar o clima entre os norte-americanos e afirmou que o atirador de Dallas ‘no representa os negros‘ dos Estados Unidos. ‘No podemos deixar que aes de poucos definam todos os norte-americanos‘, comentou o presidente. Protestos Os recentes tiroteios entre policiais brancos e jovens negros tambm desencadearam uma srie de protestos em todo o pas e reforaram as campanhas que ocorrem h quatro anos pelo fim da violncia racial. Em Rochester, em Nova York, as autoridades prenderam 74 pessoas por ‘desordem‘ em manifestaes, entre elas duas reprteres negras. Na cidade de Phoenix, a polcia prendeu outros trs manifestantes e usou spray para impedir que os ativistas bloqueassem uma estrada. Viagem Obama, que estava em viagem pela Europa, decidiu antecipar em 24 horas seu retorno aos EUA para acompanhar de perto os acontecimentos. Ele deveria fazer a primeira viagem oficial de um mandatrio norte-americano Espanha nos ltimos 15 anos. Mas Obama pular sua ida a Sevilha e viajar somente para Madri, onde haver reunies com polticos e autoridades. Obama est na Polnia para uma cpula da Organizao do Tratado do Atlntico Norte .

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Acesse Notícias. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️