OMS pede financiamento de US$ 31,3 bilhões para combate à covid-19

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

A iniciativa ACT Accelerator, criada pela OMS (Organização Mundial da Saúde) para agilizar o desenvolvimento de vacinas, diagnósticos e tratamentos para a covid-19 e garantir que sejam acessíveis em todo o mundo, requer um financiamento de US$ 31,3 bilhões, anunciaram nesta sexta-feira os responsáveis pelo programa.

Até o momento, o projeto recebeu US$ 3,4 bilhões, então ainda necessita US$ 27,9 bilhões, sendo US$ 13.700 de maneira emergencial, explicaram os representantes em conferência presidida pelo diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom.

Veja também: OMS vê América Latina longe do pico e de poder sair de isolamento

“Necessitamos a colaboração ativa de governos, indústria, sociedade civil e comunidades. Para que as ferramentas de combate à Covid-19 sejam realmente efetivas é necessário um ingrediente essencial: a solidariedade”, disse o dirigente.

Entre os principais objetivos do programa estão o envio de 500 milhões de testes e 245 milhões de tratamentos a países em desenvolvimento até meados de 2021.

Confira: Politização da pandemia fez ela piorar, diz diretor-geral da OMS

Também está prevista a produção de 2 bilhões de doses de imunização contra a Covid-19, a metade destinada a países de média e baixa renda, até o final de 2021. Esta meta está condicionada ao sucesso de algum dos mais de 200 laboratórios que buscam uma vacina.

A distribuição de vacinas requer um investimento de US$ 18,1 bilhões, mais da metade do total, segundo informou a chefe de pesquisa científica da OMS, Soumya Swaminathan.

Fonte: R7

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Acesse Notícias. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️