Período do vazio sanitário termina em 15 de setembro, descumprimento gera multa

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

O “Vazio Sanitário” que consiste no período de ausência total de plantas vivas de soja e prevê a eliminação e a proibição do cultivo no período entre 15 de julho a 15 de setembro, serve para evitar que o fungo causador da ferrugem da soja se multiplique durante o final da entressafra.

Danilo Alves da Silva, fiscal agropecuário explica que se não tomar os devidos cuidados, o vazio da soja pode ocasionar grandes percas como aconteceu em 2005 gerando 100% de prejuízo as lavoura de sojas.

Segundo Danilo, os produtores estão bem conscientes tem aderido o procedimento em Juara e região e cumprido as normativas com relação ao vazio sanitário, evitando o próprio prejuízo.

Vale ressaltar que o produtor que caso venha descumprir a medida, a fiscalizar poderá aplicar um auto de infração de 12 Unidade Padrão Fiscal (UPF) por hectares não destruídos independentemente da quantidade, o que em real seria no valor de R$ 2.156,00.

Ouça na integra a entrevista de Danilo Alves da Silva, fiscal agropecuário:

 

Fonte: radiotucunare/acessenoticias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Acesse Notícias. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️