baner topo1
Juara – Mato Grosso
Sexta-Feira, 30 de Julho de 2021

Perita criminal fala sobre a perícia realizada nos dois acidentes com vítimas fatais em Juína

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Juína News

O último sábado foi de muita tristeza para duas famílias no município de Juína, no Mato Grosso, e de muito trabalho para a perícia oficial e identificação técnica (POLITEC), com o registro de dois acidentes com duas vítimas fatais, sendo no início da tarde um casal de namorados que vinha sentido Linha Barroso a Juína colidiu de frente com uma carreta Volvo em uma curva, onde a jovem Kailaine ketleyn Pereira Mendes, de 17 anos, foi lançada para debaixo da carreta e sofreu fratura no quadril vindo a óbito no local.

No ponto da estrada onde ocorreu a colisão era de pouca visibilidade, por ser uma estrada vicinal havia também muita poeira, e o condutor da moto Tomaz Silva dos Santos estava em velocidade baixa não ocasionando dano mais acentuado, porém foi uma fatalidade, relatou Ana Sofia Alves Paiva, perita criminal da Politec.

Ela ainda acrescentou que não foi preciso saber quem dos condutores tentou desviar, porém a moto estava na mão do sentido do caminhão no momento que ocorre a colisão.

Mais tarde já no início da noite um outro acidente de trânsito fez mais uma vítima fatal dessa vez na Avenida Dos Jambos, região central da cidade, vitimando o jovem Paulo Cezar Calizario Borges, de 27 anos, que pilotava uma moto Honda Bros de cor preta e após tentar uma ultrapassagem foi fechado por um veículo Fiat Uno de cor preta foi arremessado contra uma árvore e chão e morreu no local.

A perita criminal Ana Sofia Alves Paiva, que estava de plantão no dia e atendeu as duas ocorrências, falou sobre o laudo do último acidente, cujo condutor da motocicleta estava em uma velocidade acima do permitido na via e ao tentar fazer uma ultrapassagem, chocou-se na lateral de um veículo Fiat de cor escura e posteriormente bateu em uma árvore do canteiro central vindo a óbito instantaneamente.

Imagens de uma câmera de monitoramento mostraram que o condutor do veículo fez uma manobra e fugiu do local sem prestar os devidos socorros ao motociclista, porém, o retrovisor do lado direito do veículo foi arrancado com a batida, fator que poderá ajudar na identificação do veículo e do condutor, ressaltou a perita criminal que contou ainda que a vítima sofreu diversas fraturas por todo o corpo.

“Foi uma perda grande para cidade porque foram dois jovens, motos tem que ter todo cuidado quando se estar pilotando”, concluiu a perita.

Fonte: Juína News

Com muito ❤ por go7.site