baner topo1
Juara – Mato Grosso
Domingo, 25 de Julho de 2021

Polícia prende mais um envolvido em roubo na casa de Janaina Riva

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

A Polícia Judiciária Civil (PJC) de Mato Grosso, com apoio de policiais civis do estado do Acre, prendeu mais um envolvido no roubo à casa da deputada Janaina Riva (MDB).

O mandado de prisão foi cumprido no fim da tarde desta quarta-feira (08) por meio da Operação Judas Iscariotes, deflagrada na segunda-feira (06).

O acusado de envolvimento no crime, que não teve o nome revelado pela polícia devido à Lei de Abuso de Autoridade, foi preso na cidade de Epitaciolândia, na região sul do Acre, no momento em retornava da Bolívia. Ele é morador de Cuiabá e será trazido posteriormente para Mato Grosso.

Foram cumpridos até o momento três prisões, dos cinco mandados da Operação Judas Iscariotes contra envolvidos no roubo.

As investigações presididas pelo delegado Guilherme Fachinelli, da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos da Capital, identificaram mais cinco pessoas envolvidas no crime, além de outras quatro presas em flagrante.

O delegado representou pelos cinco mandados de prisão e quatro de buscas, que foram emitidos pela Justiça.

O crime ocorreu na madrugada de 24 de dezembro quando dois homens invadiram a residência da parlamentar no bairro Santa Rosa, em Cuiabá.

Conforme relato das vítimas, os homens conseguiram abrir o portão eletrônico e seguiram para o quarto do casal, agindo com agressividade e truculência, apontando as armas em direção à deputada e o marido, Diógenes Fagundes.

Foram levados da casa joias, celular e dinheiro.

Funcionário de confiança

O motorista da Assembleia Legislativa, Odnilton Gonçalo Carvalho Campos, está entre os presos da operação por envolvimento no assalto. O servidor é o principal suspeito de ter entregue o controle do portão eletrônico da casa da deputada aos bandidos, para facilitar a invasão.

Em nota, Janaina disse que recebeu a notícia com muita surpresa, mas que por enquanto não vai se manifestar sobre o fato até tomar conhecimento do inquérito policial, já que desconhece a real participação do servidor, que era de sua confiança, no assalto.

Com muito ❤ por go7.site