Projeto “Cota Zero” poderá prejudicar pescadores, diz presidente da Colônia Z 16 de Juara

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

O projeto limitando a pesca em rios de Mato Grosso, chamada de Cota Zero, tem por finalidade proibir o transporte, armazenamento e a comercialização do pescado oriundo por cinco anos, ainda está em apreciação.

O ponto é polêmico porque impacta diretamente na estrutura econômica de diversos municípios e regiões ribeirinhas do Estado.

No ano passado em 2019 foram feitas audiências públicas em alguns municípios e houve manifestação contrária de pescadores que dependem da pesca para sustento das suas famílias.

Em Juara, Bento Bezerra, coordenador da Colônia Z16 disse ser contrário esses lei que caso seja aprovado, a Lei Cota Zero deverá prejudicar diretamente mais de 10 mil pescadores em todo Estado.

Para ele essa é uma das grandes preocupações aos pescadores, porque todos pagaram suas contribuições sociais no aguardo de suas aposentadorias, quando chegar na idade certa, e isso traz incerteza a esses trabalhadores.

Enquanto isso, o Projeto de Lei 668/2019 segue e debate e deverá ser definido ainda neste mês de fevereiro de 2020. Bento Bezerra representa os pescadores do Vale do Arinos através da Colônia Z16  que tem sua sede regional em Sinop, representada pela presidente da colônia, Julita Duleba.

Ouça a entrevista sobre o assunto:

Fonte: Acessenoticias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Acesse Notícias. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️