Presidente da FMF defende término do Mato-grossense

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Se depender da disposição e vontade do presidente da Federação Mato-grossense de Futebol (FMF), Aron Dresch, o Campeonato Mato-grossense da Primeira Divisão deste ano terá o seu fim. O dirigente é defensor ferrenho para que o Estadual seja retomado e tenha o clube campeão oficializado.

Dresch vem conversando diariamente com seus assessores mais próximos e tem defendido a ideia do torneio ter seu término, assim que a crise da pandemia mundial do coronavírus chegue ao fim. A preocupação do dirigente federacionista é como será feito às indicações dos representantes de Mato Grosso aos torneios nacionais do próxima temporada como Copa do Brasil, Copa Verde e o Campeonato Brasileiro da Série D.

O presidente é contrário à ideia sugerida por alguns diretores de clubes que de todos os indicados saiam da Copa FMF, torneio seletivo que geralmente é disputado a partir do mês de setembro e dá apenas uma vaga à Copa do Brasil.

Aron Dresch reafirma que a Copinha é uma competição voltada à valorização dos jogadores que estão saindo das divisões de base – o campeonato exige que os atletas registrados tenham a idade limite de 21 anos.

Um levantamento realizado pela Diretoria de Competições da federação mostra que o Estadual, paralisado por tempo indeterminado no dia último dia 16 de março, já foi disputado 75%, restando apenas 25% para seu encerramento. O cálculo é que, se retomado, o Estadual terá ainda mais um mês de disputa.

Neste caso, os contratos dos profissionais seriam prorrogados. Na tarde de ontem, Aron Dresch teria marcado uma reunião via vídeo conferência com os presidentes dos dez clubes da Primeira Divisão. O objetivo era repassar os últimos atos da entidade em relação ao futuro do torneio.

Fonte: A Gazeta (foto: Kamila Martins)

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️