Presidentes aguardam reunião com federação para definir futuro do Mato-grossense

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Os presidentes dos clubes participantes do Campeonato Estadual seguem aguardando uma reunião e posicionamento da Federação Mato-grossense de Futebol (FMF) para definir o futuro do certame e também para tomar atitudes referentes às próprias equipes. Conforme o presidente do Sinop, Agnaldo Turra, a espera já estende por três semanas.

“Já faz um tempo que é para ter essa reunião e não tem nada. Ontem, conversei com os presidentes do Poconé, Nova Mutum e União de Rondonópolis e estão todos no aguardo para saber o que vai acontecer, mas não falaram nada até agora”, resumiu, há pouco, ao Só Notícias, não descartando a possibilidade dos dirigentes se unirem para fazer uma cobrança em conjunto.

Além da incerteza sobre o futuro da competição, grande parte dos presidentes aguardam posicionamento da FMF para se pautar e definir atitudes a serem tomadas sobre os próprios grupos, cálculos de prejuízos e demandas que surgiram durante o período de suspensão do Mato-grossense, que se estende por mais de 50 dias.

No Sinop, conforme Só Notícias já informou, a diretoria está a espera da decisão para fazer as contas. Além disso, no período de paralisação, o Galo do Norte já sofreu com perdas de patrocínios e ainda teve outras demandas, como o pagamento de passagens aos atletas.

Em decorrência da suspensão e incerta do futuro, o Sinop rescindiu o contrato com grande parte dos jogadores que estavam disputando o Estadual. Anteriormente, o time tinha 28 atletas em seu grupo e, agora, somente 6 continuam com os contratos. Uma redução de 78%.

Fonte: Sonoticias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Acesse Notícias. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️