PRF já está em Castanheira para dar apoio ao DNIT

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

A Polícia Rodoviária Federal já está no município de Castanheira, MT, para auxiliar o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) na pesagem dos caminhões que trafegam na BR-174/MT.

Uma balança foi instalada na cidade após publicação de uma portaria do DNIT Portaria nº 139/2020, que entrou em vigor no dia 9 de janeiro de 2020, com o objetivo de restringir o sobre peso dos caminhões que trafegam pela via, que segundo o órgão, estaria prejudicando os trabalhos de recuperação e em consequência a sua manutenção.

Após a publicação da portaria e a instalação da balança, o CIPEM e o Sindicato das Indústrias Madeireiras e Moveleiras do Noroeste de Mato Grosso (SIMNO), empresários e algumas autoridades da região se manifestaram contrários a essa restrição de peso, pois segundo eles a colocação do equipamento de pesagem prevê um aumento mínimo de 30% no custo do frete, para todas as atividades que necessitam escoar sua produção aos grandes centros consumidores do país e do exterior.

Insatisfeitos e preocupados com a situação, iniciaram um abaixo assinado que está em fase de coleta de assinaturas pela população e setores produtivos e será apresentado em breve em ofício complementar ao DNIT, para que o departamento faça adequações na portaria 139 ou até mesmo a sua revogação.

E nesta sexta-feira, 17, a PRF chegou ao município para dar apoio aos servidores do Dnit e para manter a ordem pública no local.

O Simno já se manifestou e declarou que vê um colapso com esse travamento, pois irá atrapalhar o desenvolvimento das atividades do setor e o crescimento local e este tipo de situação gera efeitos negativos gravíssimos que poderão levar anos para se reverter.

Para o dia 21 de janeiro está previsto uma reunião com os representantes do setor (CIPEM), DNIT e Governo do Estado para debater a referida portaria, buscando flexibilizar a passagem dos caminhões.

Fonte: Juinanews

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Acesse Notícias. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️