Procon recebe denúncias de suposto abuso de preço do álcool em gel em alguns comércios de Juara

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Com a pandemia da contaminação pelo Coronavírus (Covid 19) que surgiu no inicio do mês de março e vem assolando Brasil a fora em vários estados e municípios, a venda do álcool em geral se disparou e com isso ficou em falta em todo mercado brasileiro.

De acordo com o site  https://quimicabrown.com/, o hábito simples que pode evitar problemas de saúde. Isso porque o Gel Antisséptico 70% foi desenvolvido especialmente para higienização das mãos e possui concentração de 70% de álcool etílico. Formulado com emolientes que hidratam a pele, o produto é  Ideal para uso constante e repetido, e não necessita enxágue, rápida secagem das mãos.

Com a chegada do produto em Juara, segundo os denunciantes que foram ao Procon, em alguns comércios, a unidade do álcool em gel estaria sendo comercializado por preço exagerado e foram do limite.

O Procon constatou que em alguns comércios, o frasco do álcool em gel de 500 gramas está sendo vendido entre R$ 26,00 a R$ 28,00, e por isso se faz necessário as analises.

Mediante as denuncias referente aos supostos preços abusivo, o diretor do Procon, Amauricio Cordeiro explica que expediu notificação aos comércios indicados para que seus proprietários ou representante legal apresente a nota fiscal do álcool em gel com os referidos preços da aquisição do produto junto as distribuidoras para conferencia mediante a fiscalização. Nesse quesito, os comerciantes terão um prazo de 10 (dez) dias para responder.

“Com essa ação poderemos saber se as vendas estão fora de preço de mercado ou não conforme recebimento das denuncias”, completou o diretor do Procon.

Ouça a entrevista na íntegra sobre o assunto:

Fonte: Acessenoticias

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️