baner topo1
Juara – Mato Grosso
Quinta-Feira, 21 de Janeiro de 2021

Professores da Escola Plena Daury Riva de Juara confeccionaram autêntica viola de cocho

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Com o objetivo de estudar tradições, história e folclore de Mato Grosso durante este período de pandemia, uma equipe de professores da Escola Plena Daury Riva planejou e confeccionou uma autêntica viola de cocho, seguindo todo o processo utilizado desde os primórdios, para a criação deste instrumento que é 100% mato-grossense e confeccionado de forma artesanal.

A equipe envolvida no projeto e que trabalhou de forma interdisciplinar era composta por  Marciana de Oliveira Santos, professora de Arte, Projeto Educativo Cultural e Disciplinas Eletivas; Gislaine Assunção Frizera, professora de Projeto Educativo Cultural e História; Aparecido da Silva, professor de Língua Inglesa, Projeto Educativo Cultural e Disciplinas Eletivas; Flavio Ferreira de Lima, professor de Matemática e contou com o apoio do diretor da unidade escolar Dirlei Perin e do coordenador pedagógico Gilson da Silva Metka.

O processo de confecção do instrumento tradicional mato-grossense se baseou em publicações do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, a madeira foi escolhida inicialmente a partir de uma arvore caída, da qual foi retirada uma tora de 120 centímetros de comprimento.

Naquela semana, respeitando as medidas de contenção do coronavírus, alguns alunos de turmas distintas, se reuniram com os professores no pátio da unidade escolar, onde se deu inicio ao processo de confecção do instrumento, ali foi apresentado um pouco do contexto histórico da viola mato-grossense, bem como alguns conceitos de matemática, necessários para medida e corte da madeira.

A partir de então, além de trabalhar a parte teórica com o alunado, se deu uma verdadeira maratona de pesquisas e entalhe da madeira, que aos poucos foi tomando forma. A equipe chegou a visitar a sala de musica da UNEMAT, campus de Juara, onde a professora Waldineia Antunes de Alcantara Ferreira mantém um exemplar do instrumento em seu acervo.

A falta de prática com as ferramentas e instrumentos utilizados acabou por inutilizar a primeira peça de madeira, mas o aprendizado com os erros e acertos durante o processo, fez com que a segunda peça fosse concluída com sucesso. Para finalização foi utilizado um encordoamento de violão, como se utiliza os artesões cuiabanos na atualidade.

Para o diretor da unidade escolar, a prática foi muito exitosa, pois proporcionou uma aprendizagem tanto para professores quanto para alunos e demonstrou que a utilização de material lúdico fortalece e consolida o aprendizado, uma vez que se torna uma atividade de entretenimento, que dá prazer e diverte as pessoas envolvidas, ao mesmo tempo em que se aprende.

A viola de cocho juarense foi afinada do modo canotio preso (de baixo para cima, ré, lá, mi, dó, sol) e está disponível na unidade escolar. O objetivo é que o instrumento que reúne a cultura, a tradição e a história de nosso estado, seja utilizada para praticas pedagógicas relacionadas à Mato Grosso nos próximos anos.

Todo o processo de confecção da Viola de Cocho foi fotografado e (todas) as imagens encontram-se disponíveis no link:

https://drive.google.com/drive/folders/1HWbo3DbsFBir6cCUQ_QxeQtoQoMvyaRH?usp=sharing

Fonte: Assessoria de Imprensa da Escola Daury Riva

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️