baner topo1
Juara – Mato Grosso
[dataehoranews]

Professores da rede estadual receberão notebooks e custeio de internet para aulas remotas

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Gustavo Pellizzon/SVM

O governo do Estado de Mato Grosso através da Secretaria Estadual de Educação (SEDUC) criou um programa para aquisição de aparelhos Notebooks e custeio de plano de internet que vai auxiliar as aulas remota.

Com esse programa, cada professor que está em sala de aula na rede estadual de ensino vai receber R$ 6.020. Deste total, R$ 3,5 mil serão depositados diretamente na conta do servidor para a aquisição do equipamento.

O restante, R$ 2.520 será repassado em 36 parcelas de R$ 70,00 para o plano de internet. O recurso do computador foi empenhado em 31 de março.

Beneficiários

O projeto aprovado prevê que neste momento de pandemia o foco seja o professor que está em sala de aula.

Uma das principais dúvidas dos profissionais é se o computador terá que ser devolvido após os três anos. Segundo o secretário no caso do servidor efetivo, o equipamento será dele.

Já para os professores com contrato temporário, o notebook é comodato gratuito. Ou seja, vão utilizar enquanto estiverem em sala de aula da rede estadual de ensino. Quando saírem, eles devolvem o equipamento que será entregue a outro profissional.

Alguns professores afirmaram que não possuem o interesse no benefício. Neste caso, ao receber o depósito em conta pode gerar um Darf e devolverem o recurso total de uma vez. Ou a devolução será feita automaticamente em 06 parcelas com descontos na folha de pagamento.

O assessor pedagógico de Juara, professor Vanderlei Carvalho dos Santos destacou a importância desse equipamento de trabalho que vai ajudar o profissional de educação durante esse período de pandemia do novo coronavirus.

Segundo o assessor, alguns profissionais da educação de Juara e dos municípios do Vale do Arinos alegaram que não receberam esse recurso.

Vanderlei pediu calma ao profissionais e disse que esteve em reunião online com o secretário estadual de educação, Alan Porto e o mesmo informou que está sendo feito um levantamento e foi constatado que mais de 300 profissionais ainda não receberam, mas que receberão em data futura.

Os profissionais da educação estadual que forem usar o equipamento deverão seguir as configurações estabelecidas pela SEDUC para formalizar a prestação de contas necessárias.

Fonte: Radiotucunare/acessenoticias

Com muito ❤ por go7.site