baner topo1
Juara – Mato Grosso
Sábado, 16 de Janeiro de 2021

Renúncia de Cunha coloca em xeque impeachment de Dilma, diz Cardozo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

O advogado e ex-ministro Jos Eduardo Cardozo, defensor da presidente afastada Dilma Rousseff, afirmou reportagem nesta quinta-feira, 7, que a deciso de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) de renunciar Presidncia da Cmara coloca em xeque o processo de impeachment da petista. Cardozo chamou a ateno para o fato de Cunha ter confessado, no discurso em que abdicou do comando da Cmara, que ‘sem dvida alguma‘ o marco da sua gesto foi ter admitido a abertura do processo de impedimento contra Dilma. ‘A fala dele demonstra claramente o que estamos alegando desde o incio, que houve desvio de poder na deciso dele de admitir o pedido‘, disse Cardozo. ‘Confirma exatamente que ele no fez aquilo diante de uma ilegalidade, mas sim para atingir uma presidenta que no paralisava as investigaes contra ele‘, completou. O defensor de Dilma disse que vai pedir a juntada do pronunciamento de Cunha ao processo de impeachment que corre no Senado para comprovar a irregularidade do pedido. Disse tambm que pretende estudar se recorre novamente ao Supremo Tribunal Federal (STF) com base na manifestao do agora ex-presidente da Cmara. Para Cardozo, a deciso de Cunha, somada falta de provas de que Dilma cometeu crime de responsabilidade, pode dificultar uma eventual condenao da presidente afastada pelo Senado. Para a petista ser retirada definitivamente do cargo, Dilma ter de receber ao menos 54 dos 81 votos em um julgamento futuro. O advogado da presidente afastada afirmou que, por ora, no possvel dizer se houve um acordo do governo do presidente em exerccio, Michel Temer, para salvar o mandato de Cunha aps a renncia. Cardozo disse que, se tiver sido mesmo firmado um acordo, o governo interino vai responder por isso perante a sociedade.

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️