Retirada de vísceras de peixes na feira livre é proibido pela vigilância sanitária

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Em virtude das ações de fiscalização por parte da vigilância sanitária, que cumpre as leis vigentes, e por a feira não ter um local adequado para essa finalidade de serviço, é proibida a retida de víscera dos peixes na feria.

O presidente da Associação dos Feirantes do Vale do Arinos (AFAVA), Geraldo Penha explica que é uma questão de higiene.

Segundo Geraldo Penha, os pescadores já estão conscientes em relação a isso e levam seus peixes prontos para serem comercializados. Existe uma especificação para esse tipo de serviço precisa ter um local certo, e antes ocorria porque não tinha vigilância sanitária.

Essas medidas é uma questão de higiene, e como a feira tem apenas uma pia comunitária, o local não é adequado para retirada de víscera.

Ouça aqui o áudio de Geraldo Penha, presidente dos feirantes:

 

Fonte: radiotucunare/acessenoticias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Acesse Notícias. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️