baner topo1
Juara – Mato Grosso
Domingo, 17 de Janeiro de 2021

Saiba como funciona o processo de alistamento militar obrigatório em Juara

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Muitos jovens, do sexo masculino, que completam 18 anos têm dúvidas sobre como se alistarem no serviço militar obrigatório. O prazo de alistamento terminou no dia 30 de junho. Diante dessas dúvidas, a rádio Tucunaré e site Acesse Notícias, entrevistou o subtenente Barreto, chefe de instrução do Tiro de Guerra 09-005 em Juara.

Ele explicou que o serviço militar obrigatório é iniciado quando o jovem faz seu alistamento no ano em que completará 18 anos. Em seguida, o voluntário passará por uma seleção geral aonde irá se apresentar. Depois, um médico do exército fará uma análise clínica no jovem voluntário.

Nesse primeiro contato, se o médico verificar que o candidato tiver feito alguma cirurgia ou tiver sofrido algum acidente que impossibilite que este sirva ao exército, o mesmo será dispensado. Essa dispensa ocorre se no entender do médico, o jovem não tiver condições de seguir em diante, então, os que não estiverem aptos, recebem o certificado de dispensa de corporação.

Os que estiverem aptos se direcionam para uma entrevista, onde será feita a atualização cadastral. O subtenente Barreto ressaltou que muitos jovens são voluntários, mas devido aos seus compromissos como trabalho e estudo, não conseguem servir ao exército.

Depois da entrevista, o candidato que for apto em servir passará pelo posto de controle e receberá a confirmação da data para voltar no próximo ano para a seleção complementar.

A seleção complementar ocorre nos meses que antecedem o retorno do jovem na junta militar. Ao voltar para fazer a apresentação, o jovem passará no médico para fazer uma última checagem e aí é feita uma nova entrevista onde serão abordados novamente assuntos relativos as condições físicas do candidato.

Em Juara, o efeito do Tiro de Guerra 09-005 é de 50 atiradores. O subtenente Barreto explicou que inicialmente, os voluntários terão prioridade em servir, porém se o não for atingido o número total,  será realizada uma seleção entre aqueles que não são voluntários e que estejam em condições de prestar o serviço militar.

Fonte: Redação/radiotucunare/acessenoticias

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️