Seleção feminina se apresenta com Vanessa no lugar de Cristiane

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Primeiro treino da seleção brasileira de futebol para a Copa América 2019, no centro de treinamento da CBF, na Granja Comary, em Teresópolis.

A seleção feminina de futebol se apresentou nesta segunda-feira (14) para uma semana de treinamentos na Granja Comary, em Teresópolis (RJ). Entre as 24 convocadas pela técnica Pia Sundhage, a ausência é Cristiane, do Santos.

O clube paulista informou ao departamento médico da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) que a centroavante teve um quadro clínico compatível com fascite plantar no pé direito. O quadro teria piorado após a partida do último domingo (13), em Barueri, contra o Minas Brasília, pela nona rodada da Série A1 (primeira divisão) do Campeonato Brasileiro Feminino.

A atacante Vanessa, do Cruzeiro, foi chamada para o lugar da santista. Aos 23 anos, a jogadora foi responsável pelo primeiro gol da história do futebol feminino da Raposa, em abril do ano passado, contra o Taubaté, pela Série A2 (segunda divisão) do Brasileiro. Com isso, o time mineiro, atualmente na Série A1, passa a ter duas representantes na seleção. Além dela, a meia Maria Eduarda (Duda) foi chamada por Pia.

Treinos

Sem poder realizar amistosos, devido às restrições de viagem em razão da pandemia do novo coronavírus (covid-19), a técnica sueca utilizará o período para treinos, que vai até o dia 22, para observar atletas que atuam no Brasil.

O Corinthians, com sete jogadoras, é o clube mais representado na Granja Comary. Sem Cristiane, o Santos passou a ter três nomes, mesmo número de Palmeiras, Ferroviária e São Paulo. Avaí/Kindermann, Cruzeiro (com duas atletas cada) e Internacional (com uma) também foram lembrados.

Segundo a CBF, as jogadoras e a comissão técnica foram submetidas a um protocolo de segurança, repetindo testes de covid-19. A delegação já havia feito os exames quatro dias antes da apresentação. Todos deverão utilizar máscaras e álcool em gel e responderão a um inquérito epidemiológico para avaliação da saúde. O local será sanitizado duas vezes na semana.

Esta é a segunda vez que a Granja Comary é utilizada, desde o inicio da pandemia. De 12 de agosto até a última quarta-feira (9), a estrutura esteve à disposição da seleção feminina sub-17.

Fonte: agencia brasil

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Acesse Notícias. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️