baner topo1
Juara – Mato Grosso
Sábado, 18 de Setembro de 2021

Justiça questiona ausência da PF em hotel onde Cachoeira cumpre prisão

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

A Justia Federal sugeriu abertura de inqurito policial para apurar a ausncia da Polcia Federal no hotel onde o empresrio Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, cumpre priso domiciliar na zona sul do Rio de Janeiro. Ru em processo que envolve esquema de corrupo e lavagem de dinheiro, Cachoeira recebeu ontem (20) noite a visita de um oficial de Justia, aps denncia de que elehavia sado do local sem autorizao. Cachoeira e um advogado que estava no quarto disseram ao oficial de Justia que, por volta das 15h de ontem, dois agentes da Polcia federal estiveram no local para conferir o cumprimento da priso domiciliar. A partir dessas informaes, o desembargador federal Abel Gomes determinou a comunicao do resultado da diligncia ao Ministrio Pblico Federal, ‘inclusive no que toca ausncia de vigilncia da Polcia Federal no local, avaliando como de sua atribuio, a convenincia de instaurao de inqurito policial‘, de acordo com o despacho. A Polcia Federal informou que o monitoramento da priso domiciliar de Cachoeira ocorre nos exatos termos acordados com o MPF. A assessoria do MPF disse que no comentar o caso. Gomes relator dos pedidos de habeas corpus apresentados por cinco rus envolvidos na Operao Saqueador, que tambm prendeu os empresrios Adir Assad e Marcelo Abbud, donos de empresas consideradas fantasmas pelo MPF, e o ex-diretor da Delta no Centro-Oeste e Distrito Federal Cludio Abreu. O dono da Delta, Fernando Cavendish, estava no exterior e foi preso quando chegou ao Rio, no dia 2 de julho. Eles so acusados de liderar um esquema de lavagem de dinheiro pblico responsvel pelo desvio de mais de R$ 370 milhes para o pagamento de propina a agentes pblicos.

Com muito ❤ por go7.site