Sem CNH, bêbado capota carro, mata filho de 3 anos e deixa outros 3 feridos

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Uma criança de 3 anos morreu, uma mulher, 41, ficou gravemente ferida, após o motorista, 44, de um Volkswagen Gol, supostamente, bêbado, perder o controle da direção e capotar dentro de uma ‘valetão’ de escoamento de água no início da noite desse sábado (27) no cruzamento das Avenidas Itaúbas com Pinheiros, em Sinop (500 km da Capital).

O motorista, uma segunda mulher de 45 anos e três crianças, 6, 7 e 10 anos, todos ocupantes do carro de passeio, tiveram apenas escoriações leves pelo corpo.

Equipes de resgate do Corpo de Bombeiros foram acionadas para atender o acidente com múltiplas vítimas na região, onde o Gol foi encontrado capotado com as rodas viradas para cima e uma mulher presa às ferragens.

Os socorristas resgataram a vítima, imobilizaram e a encaminhou, junto com a criança, para o Hospital, devido à gravidade dos ferimentos, no entanto, a menor não resistiu e morreu na unidade de saúde. Já a mulher seguia internada em estado grave.

As outras vítimas, que já estavam do lado de fora do veículo quando os paramédicos chegaram, receberam os primeiros socorros ainda no local sem nenhuma fratura ou ferimento grave.

A Polícia Militar (PM) atendeu a ocorrência e isolou o local para que os socorristas pudessem trabalhar no atendimento às vítimas.

RepórterMT/Reprodução

carro capotado em sinop 2.jpg

Carro com 7 ocupantes ficou capotado com as rodas para cima em vala de escoamento de água.

Foi informado por um dos socorristas que o motorista do Volkswagen tinha sinais claros de embriaguez, então os policiais detiveram o condutor e o encaminhou à Delegacia de Polícia Civil para passar pelo teste do bafômetro e prestar maiores esclarecimento sobre as circunstâncias do acidente fatal.

O resultado do exame foi de 0,79 miligramas de álcool por litro de ar expelido (mg/l), configurando crime por embriaguez ao volante.

O homem também teria confessado que havia bebido, no entanto, teria ficado alterado e agressivo durante depoimento na unidade policial, onde teria sido verificado ainda que o condutor não tem habilitação para dirigir.

A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) foi chamada no local do acidente, onde periciou o perímetro e o veículo, coletando informações técnicas que demonstrem as circunstâncias e causas do fato.

Todos os envolvidos também deverão ser ouvidos na unidade policial. O caso segue em investigação.

Fonte: ReporterMT

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Acesse Notícias. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️