baner topo1
Juara – Mato Grosso
Quarta-Feira, 28 de Outubro de 2020

Serviço de Inspeção Municipal (SIM) vai realizar ações orientativas contra abate clandestino em Juara

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

O Serviço de Inspeção Municipal (SIM) através da administração municipal de Juara deverá realizar uma campanha com a finalidade de combater o abate clandestino, que de certa forma vem ocorrendo no município de Juara.

A informação foi dada a rádio Tucunaré em entrevista concedida pelo médico veterinário, João Vitor da Cruz, responsável pelo (SIM) do município.

A origem de abatedouros clandestinos se caracteriza onde não há fiscalização, higiene ou até mesmo condições técnicas para o abate dos animais, como aves, gado, porcos entre outros, onde o animal fica por um longo tempo, e após esse sofrimento é abatido a golpes de facão, machado ou marreta.

João Vitor explica que nesse primeiro momento é um fato complicado fala sobre a clandestinidade, contudo é necessário fazer esse tipo de orientação a população de uma maneira geral, aos consumidores sobre os riscos que isso pode oferecer a vida das pessoas ao consumirem alimentos, como carnes, ovos, leites seus derivados e subprodutos em geral sem a devida certificação de inspeção municipal.

Atual existe 03 (três) esferas de fiscalização nesse sentido, que é o Serviço de Inspeção Federal (SIFIs), Serviço de Inspeção Estadual (SI) e o Serviço de Inspeção Municipal (SIM). Os trabalhos de inspeção existem desde o ano 2.000, mas foi criado definitivamente por lei em 2016, e que hoje está em andamento dentro do município de Juara.

A legislação de inspeção iniciou com a Lei nº 1.283 no ano de 1.950. O veterinário destacou que em Juara não há informação concreta sobre o abate clandestino, mas existem informações paralelas da existência dessa prática em localidades do município de Juara.

Produtos obtidos a partir de abate clandestino podem ser vetores de doenças e infecções alimentares. O consumo de carne de animais abatidos sem higiene e expostos à sujeira pode acarretar diversos problemas de saúde. Por isso, é importante saber a procedência dos produtos na hora de comprá-los, pontuou o veterinário, João Vitor.

Ouça na íntegra a entrevista do médico veterinário, João Vitor da Cruz:

 

Fonte: radiotucunare/acessenoticias

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️