SIMNO e Autoridades da Polícia Militar se reúnem em Colniza

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

O Sindicato das Indústrias Madeireiras e Moveleiras do Noroeste de Mato Grosso (SIMNO) esteve em sua base de atuação em Colniza-MT em reunião, no último dia 18 de Agosto, com associados e autoridades da Polícia Militar do Estado de Mato Grosso. O objetivo da reunião foi para discutir as ações e implementações pela polícia na região noroeste. Estiveram representando a Polícia Militar, o Comandante do 8º Comando Regional (sede em Juína) Tenente Coronel PM Bastos e Capitão PM Machado comandante da PM de Colniza.

A reunião aconteceu às 20 horas na Escola municipal Bom Jesus seguindo todos os protocolos de segurança e prevenção ao combate a Covid-19 (novo coronavírus), através da participação reduzida de pessoas, fornecimento de máscaras, distanciamento e fornecimento de álcool em gel a todos os participantes.

O presidente do SIMNO, Sr. Roberto Rios, agradeceu o convite da Polícia Militar em dar esta abertura de diálogo e iniciou sua fala explicando como é o funcionamento do setor de base florestal, desde a sua formação e as entidades que representam o sindicato no estado de Mato Grosso, como o Centro das Indústrias Produtoras e Exportadoras de Madeira do Estado de Mato Grosso (CIPEM) e em nível de Federação, o Fórum Nacional de Atividades de Base Florestal (FNBF). Rios também aproveitou a oportunidade e explicou ao Comandante as dificuldades que o setor vem enfrentando ao longo dos anos, principalmente nos entraves gerados pelas ilegalidades.

Durante a reunião, o Tenente Coronel Bastos disse que há muito tempo que estava querendo reunir com o setor de base florestal da região noroeste e que esta proximidade de agora veio a fortalecer ainda mais as ações em conjunto com o setor de base florestal da região noroeste. Bastos, disse ainda, quais serão as principais ações que a polícia militar tem em frente na região e também sobre as atuações de fiscalização que não compete a polícia militar contudo explicou que existem trabalhos integrados com a polícia civil e também de apoio com agentes da SEMA e IBAMA.

Roberto Rios, ressaltou que o Sindicato tem uma parceria muito boa com a SEMA, IBAMA e entre outros órgãos, e que essas ações de integração são importantes e necessárias e lembrou do caso de um associado que teve seu veículo de transporte de madeira roubado e que graças a ação da inteligência da Polícia Miliar, teve seu veículo recuperado.

“Esta reunião veio fortalecer ainda mais as parcerias entre o sindicato e a polícia militar, e essa abertura de diálogo demonstrou que a segurança pública está integralmente preocupada com as ações dentro da região noroeste, uma vez que a criminalidade continua agindo mesmo em época de pandemia”- Reforçou Rios.

Para finalizar, o tenente coronel PM Bastos, lembrou que a Polícia Militar vem desenvolvendo ações no sentido de aproximar e interagir com as instituições da região noroeste, sejam órgãos públicos, associações, autoridades, sindicatos e a comunidade em geral, buscando criar vínculos de confiança e envolver essas instituições no contexto de segurança pública regional, dentro de um modelo de chamamos de “Polícia Comunitária”.

“Nesta data realizamos uma reunião com a diretoria da SIMNO, que representa uma classe importante e de grande influência na região, e esta reunião foi muito produtiva, iniciando uma parceria entre PM e SIMNO. Nesta oportunidade também ouvimos as demandas do setor de base florestal e apresentamos as ações em andamento da Polícia Militar, os resultados e planejamentos futuros. Mais reuniões como esta serão realizadas com outras entidades de classe” – concluiu o comandante.

Fonte: Juinanews

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Acesse Notícias. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️