TSE deve confirmar a data da eleição suplementar para o senado em Mato Grosso esta semana

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

A eleição suplementar para o cargo de senador da República deve ser realizada em 15 de novembro em Mato Grosso, junto com as eleições municipais.

O TRE, Tribunal Regional Eleitoral, vai abrir também nova data para realização das convenções e homologação das candidaturas.

Segundo o diretor-geral do TRE, Mauro Sérgio Rodrigues, esta semana o TSE, Tribunal Superior Eleitoral, será consultado sobre o assunto, mas ele acredita que a tendência é que as datas das duas eleições sejam as mesmas.

Promulgada no dia dois de julho, a Emenda Constitucional 107 adia as eleições municipais de outubro para novembro deste ano por causa da pandemia do novo coronavírus.

Aprovada pela Câmara dos Deputados e pelo Senado Federal, o pleito será no dia 15 de novembro, quando serão escolhidos os prefeitos e vereadores do país. O segundo turno das eleições de 2020 acontece no dia 29 de novembro.

Com a cassação do mandato da senadora Selma Arruda, Mato Grosso precisa realizar uma eleição suplementar.

O TRE havia marcado a data da eleição suplementar para o dia 26 de abril, mas decidiu adiar por causa do agravamento da pandemia do novo coronavírus.

Carlos Fávaro, do PSD, que foi o terceiro colocado na eleição de 2018, está cumprindo um mandato tampão de senador até a realização da nova eleição para o cargo.

Fonte: Sapicuá

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Acesse Notícias. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️