União Europeia apresentará plano ‘ambicioso’ contra crise

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

A Comissão Europeia apresentará nos próximos dias uma proposta de reconstrução econômica após a crise causada pela pandemia do novo coronavírus, anunciou neste sábado o comissário de Orçamentos, Johannes Hahn, da Áustria.

“Vamos apresentar em meados deste mês uma proposta muito ambiciosa para nos recuperarmos desta crise. O objetivo é dar uma resposta à questão de como a Europa pode sair da crise”, declarou Hahn durante um debate da Academia Política do Partido Popular Austríaco feito por videoconferência, conforme informou a agência de notícias austríaca “APA”.

O comissário se disse confiante que a União Europeia vai administrar bem a recuperação econômica, embora tenha ressaltado a preocupação com uma “segunda onda” da pandemia. Ele afirmou que a proposta será apresentada em maio com a expectativa de que seja aceita em junho pelos Estados-Membros da UE para que as negociações necessárias com o Parlamento Europeu possam começar rapidamente.

Nesse sentido, pediu para que os integrantes sejam flexíveis e tenham disposição para se comprometerem. “Cada um deve se afastar das suas mais altas exigências”, destacou.

Além disso,Hahn considerou provável a necessidade de um financiamento de transição, já que o próximo quadro financeiro da UE provavelmente não estaria em vigor antes de meados de 2021.

O político austríaco se disse a favor da concessão de ajuda a todos os países em crise, mas somente se ela estiver condicionada ao cumprimento das recomendações de política financeira e econômica da Comissão como parte do chamado “Semestre Europeu”.

A título de exemplo, ele se referiu à Croácia, onde o benefício deveria estar ligado a uma maior diversificação da economia nacional, a fim de reduzir sua alta dependência do turismo, um setor que tem sido duramente atingido pela pandemia.

Posteriormente, antes do final deste ano, Bruxelas pretende criar seu próprio instrumento para ajudar empresas com problemas de capital, em estreita cooperação com o Banco Europeu de Investimentos e outros bancos de desenvolvimento, segundo o comissário.

Hahn declarou ainda que a Comissão tomará na próxima quarta-feira uma decisão sobre os controles de fronteira interna da UE impostos pelos países membros para evitar a disseminação de casos de coronavírus.

Fonte: r7

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do Acesse Notícias. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Com muito ❤️️ por GO7.SITE

⚙️