Juara – Mato Grosso
Sexta-Feira, 28 de Janeiro de 2022

Porca artista tem quadro vendido por R$ 150 mil

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

Uma porca que escapou de morrer no matadouro virou celebridade mundial. Batizada de Pigcasso, em homenagem ao pintor espanhol Pablo Picasso, ela é conhecida nas redes sociais como o primeiro animal a ter sua própria galeria de arte e vender quadros.

A porca vive na África do Sul e o perfil no Instagram tem mais de 40 mil seguidores. No final de 2020, ela vendeu mais uma obra abstrata por um valor recorde de 20 mil libras, o equivalente a R$ 150 mil. A pintura chamada Wild and Free (Selvagem e livre, em tradução livre) foi comprada por um investidor alemão chamado Peter Esser. A venda superou o recorde anterior de 14 mil libras, o equivalente a R$ 105,4 mil, conquistado por um chimpanzé pintor chamado Congo, em 2005.

A pintura vendida é uma grande tela com listras acrílicas azuis, verdes e brancas. Após a conclusão, a obra foi postada nas redes sociais e vendida 72 horas depois.

 

Como tudo começou…

 

O animal criou centenas de pinturas nos últimos cinco anos. A arrecadação com vendas das obras no site ou em exposições financia um refúgio de animais. Também ajuda nas campanhas para conscientizar a população sobre o impacto ambiental da produção de carne.

 

Com quatro semanas de idade, a porca foi resgatada de uma empresa de produção de carne sul-africana por Joanne Lefson, ativista e fundadora do refúgio Farm Sanctuary, na Cidade do Cabo. A dona diz que o animal começou a brincar e a se interessar por lápis e pincéis. “Era a única coisa que ela não comia”, conta. Joanne então começou a treinar Pigcasso dando-lhe comida em troca de pinturas que fazia com o focinho ou segurando o pincel com os dentes.

Fonte: Reporter MT

Com muito ❤ por go7.site