Juara – Mato Grosso
Domingo, 26 de Junho de 2022

Saúde de MT diz que secretário se equivocou sobre internação de 95% dos pacientes não vacinados em MT

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) emitiu uma nota alegando que secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo, se equivocou ao afirmar que, de cada 100 pessoas internadas em Mato Grosso com Covid, 95 não tomaram nenhuma dose da vacina contra o vírus.

“Ao contrário de que a cada 100 pessoas internadas com Covid-19 em Mato Grosso, 95 não estão vacinadas, o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, se equivocou e quis enfatizar que, do total de pessoas vacinadas e que foram hospitalizadas em Mato Grosso, apenas uma média de 0,2% foi a óbito, durante os meses de novembro e dezembro de 2021”, disse.

No entanto, não informou quais os dados corretos sobre os internados que não tomaram a vacina.

A vacina reduz os casos graves e óbitos. Mato Grosso registrou, nesta segunda-feira (10), 54,97% de ocupação nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) do estado.

De 177 leitos de UTI do estado, 94 estão com pacientes internados. Outros 76 estão disponíveis.

Atualmente, 128 pacientes estão internados na enfermaria, sendo 75 em enfermarias pactuadas pelo SUS. Em todo o estado, há 505 enfermarias pactuadas. Ou seja, a taxa de ocupação está em 16%.

De acordo com a médica patologista Natasha Slhessarenko, em entrevista para a TV Centro América,a situação epidemiológica que vivemos atualmente é bem diferente da que vivemos em outras ondas.

“Muitos vacinados, e temos uma cepa, a variante Ômicrom, muito contagiosa, mas com o poder muito pequeno em relação a desenvolver casos graves. Isso traz um cenário diferente. Entretanto, as medidas de proteção vão precisar continuar sendo tomadas. Precisamos que [a população] tenha a consciência de que a pandemia não acabou”, ela diz.

A especialista reforça a importância de completar o esquema vacinal.

“No caso da Ômicron, quando temos as três doses, temos uma proteção de aproximadamente 90% sobre casos graves. É importante que a população se vacine e tome o esquema completo de vacina, porque temos visto que na maioria dos casos graves e pacientes que estão internadas são pessoas que não tomaram vacina”, diz.

Fonte: G1

Com muito ❤ por go7.site

Usamos cookies em nosso site para fornecer uma experiência mais relevante, lembrando suas preferências e visitas repetidas. Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com a utilização de TODOS os cookies. Leia nossa Política de Privacidade na íntegra.