Juara – Mato Grosso

18 de abril de 2024 09:38

[dataehoranews]

Cidadão que se sentir prejudicado por empresas de onibus poderá formular denúncia para Ouvidoria. Saiba como fazer

Nos últimos dias do mês de dezembro houveram várias reclamações sobre questões relacionadas a passagens de ônibus no transporte intermunicipal, ou seja, de Juara a Juína, Cuiabá a Juara e vice versa, além de outras localidades.

Em busca da informações para inúmeros questionamentos que surgiram nesse período, a reportagem da Rádio Tucunaré e acessenoticias que já havia falando sobre dicas de locação de pousadas em período de férias, mas uma vez trouxe respostas aos internautas.

A coordenadora do Procon de Juara, Rita de Cássia explicou que existem inúmeras situações e cada uma delas são resolvidas de diferentes formas.

Ela enfatiza que somente ficar postando reclamações em redes sociais sem fundamentos, nada vai resolver, e que o importante mesmo é ter documentos que comprovem o fato e buscar solução no lugar correto e de maneira correta para obter resultado positivo, e para isso,  a denúncia forma é a melhor forma junto ao PROCON que é um Orgão do Direito do Consumidor.

A coordenadora ressalta que o serviços prestados pelas companhias de ônibus, o órgão responsável para fazer essas fiscalizações é a Agência Nacional de Transporte Terrestres (ANTT), onde as denuncias são direcionadas para o Governo Federal.

Qualquer pessoa (passageiro) se sentir prejudicado pelos serviços prestados por uma empresa de ônibus deve acessar o portal da ANTT (ACESSANDO AQUI) e fazer sua denúncia na Ouvidoria, sendo necessário descrever sua denúncia de forma clara, simples e objetiva, onde o reclamante deve enviar para a Ouvidoria um relato completo do assunto indicando locais, datas, nomes e  documentos comprobatórios, e caso o usuário não queira se identificar, a denúncia pode ser anônima.

As empresas de ônibus são responsáveis por tudo o que ocorre com os seus passageiros e devem prestar um serviço com padrões adequados de qualidade, segurança e desempenho que atendam às demandas dos consumidores. Todos têm sua liberdade de expressão, porém para resolver de fato o problema é essencial procurar órgãos oficiais.

Fonte: Radio Tucunaré/ Acesse Noticias /Soan de Barros

Parceiros e Clientes

Entre no grupo Acesse Notícias no Whatsapp e receba notícias em tempo real.
Feito com muito 💜 por go7.com.br