Juara – Mato Grosso
Sábado, 20 de Agosto de 2022

Pecuarista de Juara Nando Conte comenta a repercussão negativa de campanha publicitária de Banco

O pecuarista e membro da Diretoria da ACRIMAT Fernando Conte, falou rádio Tucunaré sobre o sentimento gerado em função da campanha de Publicidade do Banco Bradesco, estimulando as pessoas abandonar o consumo de carne bovina como se a produção fosse perniciosa ao meio ambiente.

A reação da classe produtiva foi imediata e apesar da entidade ter retirado a campanha do ar e pedido de desculpas, o mal-estar e a indisposição foram criados.

O pecuarista Nando conte declarou, que no final do ano, a classe produtiva foi surpreendida com essa campanha publicitária nas vésperas de Natal, ocasião e que as pessoas estão envolvidas com o clima de festa e paz.

A campanha publicada induzia a um entendimento inverídico acerca da produção de carne em relação ao meio ambiente e solicitava as pessoas, que deixassem de consumir a carne bovina, pois estaria evitando a emissão de gases. Nando conte lembra, que existem muitos estudos e que a pecuária na verdade, sequestra carbono, isso considerando as reservas legais, as áreas de preservação permanentes e o carbono produzido pela própria pastagem e portanto, o saldo é positivo para a natureza, explicou.

De fato esse fato magoou o setor e conta que não havia visto até então, uma mobilização tão grande do setor.

A ACRIMAT emitiu nota de repúdio no dia 24 de dezembro, sendo uma das primeiras instituições a se manifestar.

O movimento dos pecuaristas contrapondo a proposta de segundas-feiras sem carne, de acordo com as artistas da publicidade, foi rebatida em todo país, mas foi em Cuiabá a maior delas, onde estiveram presentes várias associações e entidades ligadas a atividade pecuária manifestando a indignação do pecuarista em relação a atitude do banco, a da qual se espera uma outra postura, “e espero, que de fato venha se redimir a essa ação desastrosa e que promova campanhas, que de fato mostre a importância do setor tanto para a Conservação ambiental, quanto para produção, que abastece as mesas do Brasil e do mundo e ajuda muito na balança comercial, já que sabemos que é o Agro que carrega esse país nas costas”, finalizou.

Fonte: Rádio Tucunaré e Acesse Notícias

Com muito ❤ por go7.site

Usamos cookies em nosso site para fornecer uma experiência mais relevante, lembrando suas preferências e visitas repetidas. Ao clicar em “Aceitar”, você concorda com a utilização de TODOS os cookies. Leia nossa Política de Privacidade na íntegra.