Juara – Mato Grosso

19 de abril de 2024 02:52

[dataehoranews]

Produtores rurais de Novo Horizonte do Norte são maioria na Feira Livre de Juara

O pequeno município de Novo Horizonte do Norte, situado na região Noroeste de Mato Grosso, no Vale do Arinos mantém possui 03 (três) grandes assentamentos com diversas comunidades, onde concentra um grande número de produtores rurais que praticamente mantém viva a Feira Livre de Juara, realizada em todas as manhãs de domingo.

O município foi criado pela Lei Estadual nº 5.013, de 13 de maio de 1986. O termo “do Norte” foi acrescentado para diferenciar do município já existente no Estado de São Paulo.

Não podemos esquecer o grande e honrado mérito da família José Kara José, percursores da fundação desse pedação de chão abençoado, atualmente denominado de ‘Cidade Simpatia’ pelo povo acolhedor e hospitaleiro.

A origem do município Novo Horizonte do Norte reside na Imobiliária Mato Grosso Ltda – Imagrol, de José Kara José. O primeiro cidadão a chegar em Novo Horizonte foi Sebastião Martins, caçador de onças, pouco tempo antes da localidade ser colonizada.

Em 21 de agosto de 1968, a Imagrol deu início à colonização, instalando um escritório de venda de terras em Maringá, norte do Estado do Paraná, de onde veio grande parte das famílias pioneiras.

José Kara José se limitou a vender os lotes de terras, destinar uma parte para o Patrimônio Público e dar nome ao lugar ‘Novo Horizonte’.

Nos dias atuais, o maior número de produtores da agricultura familiar que comercializa na Feira Livre de Juara são moradores do município de Novo Horizonte do Norte, devido as terras férteis e sua gente credora.

Agenor Evangelista da Silva que foi prefeito do município por 02 (duas) gestões, sendo a primeira vez quando ainda era muito jovem se diz feliz com esse cenário, uma vez que na sua gestão, viu um grande potencial naquele município, e com apoio do Governo Federal, na época criou vários assentamentos, como Gleba Julieta Caracol e Bosmaj com 210 famílias, e dessas, surgiram várias comunidades que são Santa Lucia, Santo Antônio, Santo Agostinho, Santa Izabel e São Jose.

“Ainda na minha gestão criamos o Casulo 1 e Casulo 2 com 59 famílias e agrônomos para oferecer assistência técnica aos produtores”, disse Agenor.

Segundo ele, esse foi um momento de glória para manter o aumento da população, mas também foi um momento de lutas, porque foram inúmeras viagens incansáveis a Brasília em busca do feito, mas que no final, valeu apenas, porque está ai o povo produzindo, inclusive muitos fornecendo merenda escolar para as escolas do município e da região.

Um dos produtores é Leandro Pereira da Silva da Comunidade Santa Lúcia que há mais de13 anos comercializa na Feira Livre em Juara, e tudo o que produz vende, inclusive com sempre fazendo melhorias em sua propriedade, onde ele traz produtos de outros produtores.

Seus produtos vão desde ovos caipiras e semi-capiras, galinha a frango caipira e semi-caipiras, amendoim, verduras, como pepino, jiló, quiabo entre outros. A terra, segundo ele é muito produtiva, e a tecnologia atual tem ajudado muito, segundo disse ele.

Fonte: acessenoticias/radio Tucunare/Soan de Barros

Parceiros e Clientes

Entre no grupo Acesse Notícias no Whatsapp e receba notícias em tempo real.
Feito com muito 💜 por go7.com.br