Juara – Mato Grosso
Segunda-Feira, 26 de Fevereiro de 2024

Cassação do mandato do vereador Claudiomar Braun foi a 1ª na história Legislativa de Porto dos Gaúchos

foto da camara de vereadores de porto dos Gaúchos assessoria

A noite de quinta-feira, dia 19 de outubro de 2023 ficará marcada na história do Poder Legislativo de Porto dos Gaúchos, onde foi realizada uma Sessão Extraordinária para o julgamento de cassação do mandato do Vereador Claudiomar Braun (PSB).

Reza no relatório do histórico da Comissão Processante, que foi instaurada para apurar supostamente homofobia praticada pelo vereador Claudiomar Braun contra seu colega, Leandro Budke (MDB), que ocupa o cargo de presidente da Casa Municipal de Porto dos Gaúchos.

O caso ganhou repercussão no ano de 2020 depois de um desentendimento entre os dois parlamentares, que desde então vieram trocando farpas pelas redes sociais, até virar em processo que foi acatado pelo Ministério Público.

Neste ano de 2023, após os desentendimento dos 02 virar caso de justiça, a Rádio Tucunaré e acessenoticias com a incumbência da noticiar os fatos de Juara e região ouviu os dois envolvidos no caso, logo no início desde ano, conforme matérias públicas.

Leia:  Presidente da Câmara de Porto dos gaúchos denuncia caso de homofobia e CPI foi instaurada para investigar

Nesta quinta-feira, dia 19, os 09 vereadores de Porto dos Gaúchos se reuniram em Sessão Extraordinária para a votação de Cassação do Claudiomar Braun, e com 2:30h de sessão veio o resultado com 06 votos favoráveis e três contrários, onde restou cassado o mandato o vereador, que foi o mais votado nas eleições de 2020 com 253 votos, sendo esta a primeira vez na história de Porto dos Gaúchos, cidade pioneiro do Vale do Arinos a ter um vereador cassado.

Valdir Bobbi (PSB), morador da Comunidade São João, a 53 km da zona urbana da cidade é quem assumirá a vaga deixada pelo vereador Claudiomar Braun. Valdir Bobbi conquistou nas urnas na eleição de 2020 um total de 178 votos, e ficou na suplência, onde agora deverá ser empossado na próxima Sessão Ordinária da câmara.

Com os direitos políticos cassados, Claudiomar disse que estava sem condições de dar entrevista a imprensa, e a mesma tese usou também o presidente da Câmara, Leandro Budke ficando sem falar com a imprensa sobre o caso.

Fonte: acessenoticias/radio Tucunare

Parceiros e Clientes

Entre no grupo Acesse Notícias no Whatsapp e receba notícias em tempo real.
Feito com muito 💜 por go7.com.br