Juara – Mato Grosso

25 de julho de 2024 15:19

Delegado relata como foi a comunicação do crime de estupro contra duas crianças em Juara. Veja vídeo

Na manhã de sexta-feira, dia 21 de junho, policiais civis da Delegacia da Polícia Judiciária Civil de Juara efetuaram a prisão de um homem acusado de estupro de vulnerável. O indivíduo, identificado como vizinho das vítimas, é marido da cuidadora das crianças, duas meninas de 4 e 6 anos de idade.

O caso veio à tona após a avó das crianças procurar a delegacia na noite de quinta-feira, dia 20, relatando que uma das meninas havia sido vítima de abuso por parte do vizinho. Segundo a avó, o suspeito é casado com a responsável por cuidar das crianças enquanto a mãe delas está trabalhando.

O delegado Jean Andrade Araújo, que está respondendo interinamente pela delegacia de Juara, explicou em um vídeo enviado à equipe de reportagem da rádio Tucunaré neste sábado pela manhã, os desdobramentos do caso. Após o relato da avó, os policiais conduziram as investigações, intimando a avó e a mãe das meninas para prestarem depoimento. Além disso, a criança foi encaminhada para realização do exame de corpo de delito, cujo resultado, obtido na sexta-feira, confirmou indícios de abuso sexual.

Com base nas informações coletadas e no depoimento do suspeito, que confessou o crime na delegacia, os policiais deram voz de prisão ao acusado pelo crime de estupro de vulnerável. O delegado ressaltou a gravidade do caso, destacando que muitas vezes os perpetradores se aproveitam da proximidade e da confiança que têm com as vítimas para cometerem tais atos.

“É importante que os pais estejam atentos a qualquer comportamento estranho das crianças e sempre as questionem sobre sua segurança”, alertou o delegado. “A Polícia de Juara agiu rapidamente para prender o suspeito, e estamos comprometidos em garantir que casos como esse não fiquem impunes. É crucial que qualquer sinal de abuso seja prontamente reportado à delegacia para que possamos agir com rapidez e eficácia.”

O suspeito permanece sob custódia da polícia aguardando os procedimentos legais, enquanto o caso segue em investigação para apuração completa dos fatos.

Fonte: Fonte: Rádio Tucunaré/Acesse Notícias/Fernando José.

Parceiros e Clientes

Entre no grupo Acesse Notícias no Whatsapp e receba notícias em tempo real.
Feito com muito 💜 por go7.com.br