Juara – Mato Grosso

27 de maio de 2024 20:55

[dataehoranews]

Comandante Regional da Polícia Militar cobra instalação de câmeras de monitoramentos

Durante sua visita técnica no município de Juara, quando se reuniu com o comando do 21º Batalhão da Polícia Militar do Vale do Arinos para fazer um balanço das ações de segurança pública de Juara e região, o Tenente Coronel PM Elvis, comandante do 8º Comando Regional de Juína e região noroeste, cobrou da administração municipal, a instalação das 99 câmeras de monitoramentos na cidade.

O comandante citou os municípios que já implantaram o sistema de segurança em suas cidades, como Juruena, Aripuanã, entre outras, e citou ainda que Tabaporã cidade do Vale do Arinos, além de instalar as câmeras em pontos estratégicos da cidade, ainda colocou nos distritos de Nova Fronteira, a 08 km da sede, e em Americana do Norte que fica a 100 km da zona urbana da cidade.

As câmeras ajudam a combater a criminalidade e delitos praticados por pessoas descompromissada com a sociedade, uma vez que através das imagens, as autoridades conseguem identificar os autores de atos criminosos, como foi o caso de várias situações que já ocorreram em Juara, conforme dito pelo comandante.

Defesa do prefeito e tramites para a implantação dos equipamentos:

Através do “Programa ‘Vigia Mais MT’, o município de Juara recebeu 99 câmeras de videomonitoramento” que servem para fortalece segurança na zona urbana da cidade, e nas principais vias de acesso, saída e chegada em Juara.

O compromisso firmado para a instalação das câmeras se deu por meio do termo de cooperação nº 44637/2023, celebrado entre a Prefeitura Municipal de Juara e o Governo do estado de Mato Grosso, através da Secretaria de Estado de Segurança Pública e da Secretaria Adjunta de Integração Operacional.

Em Juara, os equipamentos chegaram em 2023, e desde então vem sendo realizado os planos para instalação.

Referente a cobrança do comandante regional, o prefeito de Juara, Carlos Sirena se defendeu dizendo que, alguns empresas que fazem esse tipo de serviço queriam cobrar um valor muito alto, além do limite de mercado, e que a prefeitura não aceitou, porque isso culminaria em irregularidades, e o município poderia responder pera a lei por superfaturamento.

“Existem oportunistas, e se a administração fizer algum que contradiz a lei, a promotora de justiça está aqui, e ela sabe que se isso acontecer, a prefeitura será notificada”, disse o prefeito em sua fala durante o encontro com as autoridades.

O chefe do Poder Executivo Municipal disse que as 99 câmeras de videomonitoramento serão instaladas sim, mas dentro das normais legais, e frisou que em conjunto com a Polícia Militar, Polícia Judiciária Civil e órgãos de segurança pública já foram especificados os pontos onde esses equipamentos serão instalados.

Fonte: acessenoticias/radio Tucunare/Soan de Barros

Parceiros e Clientes

Entre no grupo Acesse Notícias no Whatsapp e receba notícias em tempo real.
Feito com muito 💜 por go7.com.br