Juara – Mato Grosso
Quarta-Feira, 08 de Dezembro de 2021

Jovem de 22 anos foi morto a tiro dentro da residência após atirar contra policiais civis em Juara

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest

O jovem Geidson Costa Barbosa de 22 anos foi morto a tiros em confronto com policiais civis e militares em sua residência no Bairro João de Barro, em Juara em fato ocorrido na madrugada do dia 04 de novembro de 2021.

Conforme relatos do boletim de ocorrência, por volta das 22 horas do dia 03 de novembro do corrente ano, 02 (dois) homens integrantes de uma facção criminosa e detentores de registros com várias passagens polícias e criminais entraram em uma loja de conveniências do bairro Jardim América, e de posse de uma arma calibre 22 fizeram grave ameaça roubaram a quantia aproximada de R$ 600,00.

Em seguida, uma guarnição da Polícia Militar foi acionada para atendimento a ocorrência, e encontraram os envolvidos trafegando em via pública com motocicleta sentido Bairro Residencial Bandeirantes, e ao dar sinal de parada foram hostilizados com aproximadamente 10 disparos de arma de fogo realizados por um dos autores do roubo.

Segundo o delegado de Polícia Judiciária Civil, Dr. Carlos Henrique Engelman, esse elemento teria se desfeito de uma tornozeleira eletrônica que deveria estar usando por ordem da justiça. Ele teria saído recentemente da cadeia pública de Juara e estava agindo de forma criminosa na cidade.

Em ato de legítima defesa, os militares teriam revidaram a ação delitiva e terminaram por balear um dos autores do roubo, onde os dois autores do roubo conseguiram fugir a pé.

Na sequência dos fatos polícias civis também foram acionados para prestarem apoio aos militares, e seguindo as manchas de sangue do baleado lograram localizá-lo no interior da casa em que morava, mas ao serem abordados novamente revidaram e os policiais civis  tiveram que neutralizá-lo de maneira letal, uma vez que os meliantes ofereceram resistência com emprego de arma de fogo.

Após a perícia técnica realizada, além da arma de fogo utilizada pelo homem que restou morto, na residência dele também foram arrecadadas munições de arma de fogo e significativa quantidade de maconha.

Já o rapaz foragido já se encontra identificado e a Polícia Judiciária Civil irá representar pela prisão preventiva dele. Parte do dinheiro roubado restou recuperado e será entregue à vítima.

 

Com muito ❤ por go7.site