Juara – Mato Grosso

24 de maio de 2024 02:31

[dataehoranews]

Médico Legista não constatou violência no corpo da mulher que suicidou nas águas do Rio Arinos em Juara

Foi sepultado nesta segunda-feira, dia 12 de dezembro de 2022, no Cemitério Municipal de Juara, o corpo de Vanderlice Dejaci de Aguiar, 40 anos de idade, que morreu vítima de afogamento no Rio Arinos.

Após identificado e retirado pela equipe de corpo de bombeiros, o corpo de Vanderlice, popular Vanda foi levado para Juína, onde passou por exames de necropsia feito médico da Politec do Instituto Médico Legal e liberado para velório e sepultamento.

O médico que periciou o corpo da vítima relatou que a morte ocorreu mesmo por afogamento, e não houve nenhum indicio de que a mulher teria sido agredido ou violentada antes de se jogar nas águas.

Ela apresentava apenas um hematoma na parte da teste proveniente da queda no momento em que pulou na água. Essas informações foram obtidas com exclusividade pela reportagem da Rádio Tucunaré e acessenoticias.

Devido ao estado avançado de decomposição do corpo, houve apenas um momento de oração para benção e em seguida foi para sepultamento.

O fato:

Conforme já noticiado por nossa reportagem, Vanderlice havia desaparecido na sexta-feira do dia 09 de dezembro, e somente na manhã de sábado, dia 10, os familiares descobriram que ela teria ido sentido a Ponte do Rio Arinos, onde teria se jogado nas águas.

Uma equipe da 14ª Companhia Independente de Bombeiros de Juína foi acionada, e realizou buscas no sábado e parte da manhã de domingo, dia 11 e somente no período da tarde um senhor que navegava de jet-ski encontrou o corpo na beira de uma barranca do rio.

Fonte: Radio Tucunaré/ Acesse Noticias /Soan de Barros

Parceiros e Clientes

Entre no grupo Acesse Notícias no Whatsapp e receba notícias em tempo real.
Feito com muito 💜 por go7.com.br